Ontem ouvi um músico, an passant, na rádio CBN, em uma entrevista a Tatiana Vasconcelos, onde ele dizia que a “poesia é a arte mais próxima de Deus”. Depois, muito depois disso, ele disse que viria a música. Mas não há dúvida que escrever é curar-se. E com certeza, a psiquiatria já salvou muita gente do suicídio, ( euzinha, inclusa) mas “matou” muitos poetas e escritores geniais. E quando vc escreve não só para “se” curar mas também para curar os seus pacientes, como esta poeta inglesa está fazendo, vc definitivamente chegou perto de Deus e chamou-o de brother, ou talvez, mais apropriadamente, de “véio”.

PS. Eu compraria uma Kombi aqui no Brasil, para fazer o mesmo; a cor da ambulância dela — azul-turquesa — já é a nossa (acaso?) e a enveloparia com nossa marca Taxi Blue. Show, demais, né?


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *